domingo, 5 de abril de 2009

Fast Fashion


Zara - La Coruña - Departamento de transporte

Desde que a Zara implantou o lançamento de mini-coleções a cada quinze dias, o mundo do varejo da moda teve que rever seus conceitos sobre desenvolvimento de coleção. No esquema de criação de coleção tradicional, as marcas desfilam suas coleções para determinada estação, indicando que aquelas peças desfiladas estarão nas araras de suas lojas por pelo menos seis meses. Podemos afirmar que o grupo Inditex da Espanha,proprietário da Zara entre outras marcas, foi um dos primeiros grupos a trabalhar para atender um mercado extremamente diversificado, exigente e rápido no que diz respeito a consumo e a informação de moda.
O grupo Inditex conta com um processo de desenvolvimento de produto que procura aliar estética, tendências e exclusividade, se é que podemos chamar de exclusivo um modelo que poderá ser encontrado em qualquer uma das lojas Zara espalhadas pelo mundo (mais de 1.500 lojas).
Contando com um modelo de logística invencível, a Zara espalha em curto espaço de tempo modelos inspirados nas últimas tendências desfiladas pelas grandes marcas.O modelo de logística começa desde o acompanhamento das vendas pelo mundo, passando pelo desenvolvimento de produtos, a Zara tem uma esquipe de mais de 200 designers em sua sede em La Coruña - Espanha, até o escoamento do produto para atender a demanda de suas lojas, não devemos esquecer também que boa parte dos produtos têm sua confecção terceirizada pelo mundo, países como Índia, México, Malásia e parte do leste europeu são essenciais neste processo.
O grande desafio atual da Zara/Inditex, neste tempo de crise, é de manter o consumidor atual ávido pelas novidades. Estima-se que a crise ainda não afetou as vendas da Zara e outras marcas como H&M entre outras que possuem a mesma estratégia de negócios, talvez por uma razão: o consumidor em tempos de rapidez não aceita ficar de fora da corrida da novidade, seja qual for a situação, o consumidor quer mesmo é ficar a frente do seu tempo...

Nenhum comentário: